Corrêa cobra Prefeitura sobre diretoras de EMEBs

Corrêa Neves Júnior cobra Prefeitura sobre diretoras de EMEBs

O vereador Corrêa Neves Júnior (PSD) afirmou, durante o uso da tribuna livre, na manhã desta terça-feira, que a Prefeitura de Franca tem que resolver rapidamente a questão dos servidores comissionados, apresentando Projeto de Lei que regulamente as funções. 

O poder público vem operando desde agosto sem 225 pessoas, exoneradas após uma sentença do TJSP (Tribunal de Justiça de São Paulo) e, segundo o vereador, a situação tem que ser resolvida, principalmente na questão da Educação.

“É mais fácil entendermos a equipe do presidente eleito, Jair Bolsonaro, ou do governador eleito, João Dória, que o funcionamento do governo municipal. As escolas de Educação Infantil não têm diretoras de fato. Sugeri que uma empresa fosse contratada para fazer o projeto, mas não fizeram isso”, disse Júnior.

Com a demissão das diretoras, obedecendo o Poder Executivo à determinação do Tribunal de Justiça, os cargos foram ocupados pelas coordenadoras, primeiramente, e hoje estão à frente das escolas professoras concursadas que exercem o cargo sem uma nomeação oficial que as autoriza a gerir as EMEBs (Escolas Municipais de Educação Básica).