Câmara e Prefeitura vão definir regras para UBER

Câmara e Prefeitura vão definir regras para UBER

Na próxima semana, representantes da Câmara Municipal de Franca, da Secretaria de Segurança e Cidadania e dos taxistas vão se reunir para definir regras para a atuação dos motoristas de UBER na cidade.

Um primeiro encontro entre as partes, realizado nesta quarta-feira, foi o início da discussão sobre o assunto, levantado na reunião de terça-feira na Câmara. Na ocasião, os taxistas recorreram aos vereadores para apontar concorrência ilegal pela UBER, pois os motoristas que trabalham via aplicativo não pagam taxas como os taxistas.

“Foram vários pontos levantados, que deverão ser reunidos em um projeto de lei a ser apresentado pela Câmara, de autoria coletiva dos vereadores, com algumas regras como pagamento de seguro a passageiros e recolhimento de uma taxa anual, como fazem os taxistas”, disse Tony Hill (PSDB), que tomou a frente nesta questão.

A falta de regras têm causado situações constrangedoras em Franca. “Os UBER estão recolhendo passageiros nas ruas, o que não é permitido para motoristas que trabalham com aplicativos. Esses dias, houve até uma confusão na entrada do Castelinho em razão disso”, disse o parlamentar.