Prevenção ao câncer de mama animal já é lei

Prevenção ao câncer de mama animal já é lei

O prefeito Gilson de Souza sancionou o projeto de lei aprovado em abril, pela Câmara Municipal de Franca, e publicou a Lei 8.691/2018, que institui na cidade o Programa Municipal de Prevenção ao Câncer de Mama Animal – “Pet Rosa”.

O projeto de lei, iniciativa dos vereadores Adermis Marini (PSDB) e Cristina Vitorino (PRB), foi concebido por ser o câncer de mama o tipo de tumor mais comum entre cadelas e gatas, chegando a, respectivamente, 45% e 30% dos casos. Nos felinos, a probabilidade de malignidade é maior (de 80% a 90%) em comparação com o índice em cães (de 50% a 60%).

Cristina Vitorino disse que o Pet Rosa é uma mobilização nacional, em razão da quantidade de casos. Muitas clínicas realizam ações do gênero, mas até aqui de forma independente. “A participação do poder público vai enriquecer o trabalho de prevenção e de conscientização, preservando assim a saúde e o bem estar dos animais”, disse a vereadora.

A parlamentar afirmou que a inspiração do nome vem de campanhas de prevenção realizadas com as mulheres. “Em Franca, para criar este projeto, fomos inspirados pela campanha Outubro Rosa. No caso do “Pet Rosa”, o principal objetivo é fornecer informações sobre prevenção, detecção e tratamento da doença nos animais, assim como incentivar clínicas veterinárias e pet shops a oferecer exames gratuitos para sua detecção precoce”, afirmou a vereadora Cristina.

Para Adermis, com a implementação da lei, os casos tendem a ser controlados, uma vez que a principal forma de prevenção é a castração dos animais. “Quando isso é feito com o animal tendo menos de um ano de idade os resultados são melhores”, afirmou o vereador.

Outras medidas previstas pelo Programa são a distribuição de panfletos e a instalação de pôsteres para que os tutores e protetores de animais sejam orientados sobre o perigo da doença e sobre as formas de detectá-la e preveni-la.

O Programa deverá ser lembrado anualmente em Franca, na segunda semana do mês de outubro, na chamada Semana Municipal de Prevenção ao Câncer de Mama Animal – “Pet Rosa”. 

“A campanha poderá contar com o apoio de ações realizadas pelo Poder Executivo Municipal e por parceiros, como protetores de animais e ONGs”, explicou Adermis.