Animais de rua requerem atenção do município

Animais de rua requerem atenção do município

A Sociedade de Proteção dos Animais de Franca, por meio de seu representante Marcos Rosa Silva, relatou, na Câmara Municipal de Franca, a situação delicada em que se encontram os animais sem dono na cidade da cidade.

São vários problemas apontados por Marcos e o assunto despertou o interesse dos vereadores sobre a questão. Os parlamentares fizeram várias perguntas e anotaram as informações recebidas pela entidade de proteção, que reclama da falta de cuidados para com as populações de animais sem dono, principalmente cachorros e gatos.

Os dados da sociedade protetora apontam para a gravidade, por exemplo, da quantidade de castrações, atualmente insuficientes. São cerca de 225 castrações realizadas mensalmente, diante de uma população de animais de rua que não para de crescer e já está, segundo Marcos, estimada em cerca de 80 mil a 100 mil indivíduos.

Outra questão levantada por Marcos é o nao recolhimento de animais que morrem nas casas de seus proprietários. Trata-se de uma situação conflitante, pois a Vigilância, em outras situações, faz o serviço. Casos, por exemplo, do animal estar na calçada da casa ou mesmo no meio-fio.