Della Motta quer proteção a monumentos

Della Motta quer proteção a monumentos

O vereador Della Mota (PTN) foi até o Centro de Franca conferir uma denúncia de comerciantes que trabalham na Praça Nove de Julho. Lá, constatou que monumentos históricos estão sendo depredados por vândalos e usuários de entorpecentes que transitam naquela região.

No local, o vereador verificou que o obelisco localizado em frente a agência dos Correios está todo pichado, cercado por lixo, em estado de abandono. “É péssimo ver que parte da história de nossa cidade está se deteriorando assim, diante dos olhos de todos”, disse Della Motta.

Já outro monumento, a estátua do soldado constitucionalista, que fica do lado oposto da praça, próximo à Rua Voluntários da Franca, já teve várias placas de adorno de chumbo furtadas por desocupados e viciados.

“É um monumento que resgata um momento ímpar da história de São Paulo, a Revolução de 32, em que muitos soldados, inclusive de Franca, perderam a vida em defesa de uma causa nobre. É inaceitável ver essa estátua sofrendo toda espécie de depredação”, explicou Della Motta.

O vereador ingressou com um requerimento para que o Poder Executivo efetue a limpeza e a reforma dos monumentos, além de instalação de cercado em torno de ambos, a exemplo do que já foi feito no relógio do Sol, na Praça Nossa Senhora da Conceição.